Geografia e História Chiclana

Ofertas

O teu bilhete onlinehttps://chiclana.costasur.com/pt/horarios-dos-autocarros.html

O teu bilhete online

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

Todos têm vantagenshttps://chiclana.costasur.com/pt/alugar-carro-rent-a-car.html

Todos têm vantagens

Desmistificando: alugar um carro não é caro. Descobre o quão económico pode ficar, com um capricho durante as tuas férias com a Costasur.

Alugar

Ainda mais rápidohttps://trenes.rumbo.es/msr/route/searching.do

Ainda mais rápido

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

Consulta a tua ofertahttps://vuelos.rumbo.es/vg1/searching.do

Consulta a tua oferta

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

Paque de estacionamentohttps://chiclana.costasur.com/pt/estacionamento-aeroporto-chiclana.html

Paque de estacionamento

Precisas de deixar o teu carro nalgum aeroporto?. A Costasur tem a melhor oferta do mercado, a preços sem concorrência.

Procura estacionamento

Ferryhttps://chiclana.costasur.com/pt/ferry-chiclana.html

Ferry

Procuras um ferry? Há centenas de destinos que podes ir pelo mar, nós temos todos.

Viajar em Ferry

https://chiclana.costasur.com/pt/as-actividades-recreativas.html

Propomos-te opções para evitar o tédio, usa o nosso motor de busca de atividades e faz algo diferente nas tuas férias!

Procurar atividades

Chiclana de la Frontera é e sempre foi um ponto importante na Baía de Cádis devido à sua situação geográfica e politica.

Geografia de Chiclana de la Frontera. Esta cidade está situada geograficamente na zona sul da Baía de Cádiz, onde o canal de Sancti Petri faz a fronteira com Cádis e San Fernando pela zona Este e a Oeste com a Loma del Puerco. A partir de aqui já é o Município de Conil, cerca das praias de Roche. Mesmo em frente encontramos a ilhota Sancti Petri onde se encontra o antigo castelo com o mesmo nome.

Chiclana é um complexo conglomerado de marismas, salinas, pinhais, zonas rurais com uma grande riqueza agrícola, falésias e uma costa com excelentes praias formando uma das zonas mais preciosas do Parque Natural da Baía de Cádis.

O clima nesta zona é bastante bom , durante todo o ano tem 20 graus centígrados de média, chove pouco e tem muitas horas de luz anualmente, 3225 horas de luz mais concretamente.

Atualmente ocupa um lugar importante tanto a nível económico com estratégico devido à excelente ligação com qualquer ponto da baía de Cádiz. O que facilitou um crescimento rápido consolidando Chiclana de la Frontera como o principal núcleo turístico e Hoteleiro de toda a Baía de Cádis onde se encontram alguns dos melhores hotéis da província de Cádis.

O centro neurálgico de Chiclana pode ser definido no cruzamento entre as ruas La VEga, La Fuente e Corredera Alta. Nesta área é onde se concentra o maior movimento da cidade de Chiclana. São ruas pedonais, típicas de Cádis e ideais para passear, para conhecer os bares de tapas e desfrutar do seu bom ambiente.

Nestas ruas é onde se concentram a maioria dos bancos, lojas e comércios, cafetarias e bares de tapas, o teatro moderno, a câmara municipal de Chiclana, o mercado, a Igreja Mayor, a estação de autocarros, etc.

Chiclana de la Frontera divide-se no centro histórico pelo Rio Iro, cada uma das margens do Rio tem o seu nome. La Banda ( margem direita do rio) e El Lugar ( Margem esquerda do rio). O rio ao chegar à zona do centro de Chiclana, cruza-se por 4 pontes que se distinguem bem:

A primeira ponde absorve toda a circulação de carros e vai até à estação de autocarros conhecida como El Pajaro, e de aqui faz ligação com as várias localidades da província de Cádiz, e com a principais províncias de Andaluzia. Esta estação fica na Plaza de Andaluzia que também tem uma paragem de Taxis nesta zona. Esta ponte é conhecida como El Puente Viejo, a Ponte Velha.

A segunda ponte é conhecida como El Puento Chico ( a ponte pequena). É uma ponte pedonal com acesso frontal para a rua de La Vega. Foi reconstruída depois das cheias de 1965

A terceira ponte foi construída há poucos anos e fica a cerca de 500 metros da Puente Chico e também é pedonal.

A quarta ponte fica a 400 500 metros da terceira e absorve grande parte do trânsito tanto para entrar no centro de Chiclana como o trânsito para as Praias de La Barrosa e Novo Sancti Petri esta ponte é a Puente del VII Centenário também conhecido entre os populares como PUENTE AZUL. Ponte Azul por causa da cor que tem.

A rua de la Vega e a rua de la Plaza são as 2 artérias principais do centro de Chiclana, ambas são pedonais e ambas começam junto à margem do rio na zona da ponte Puente Viejo e a Alameda.

A zona de veraneio e onde estão situados todas as urbanizações turísticas de Chiclana, fica a 5 ou 6 km da cidade. Os acessos são bons, tendo 2 estradas para lá chegar. A estrada de Carboneros e a Estrada que atravessa a zona residencial conhecida como El Campito. Ambas passam pela zona conhecida como Los Gallos e voltam a separar-se para chegar até à zona da Barrosa. Que é a zona de praia de Chiclana mais antiga também com a zona do antigo "Poblado de Sancti Petri". A outra estrada passa pela zona do Molino Viejo e liga com a outra da praia de La Barrosa e com a zona de grandes hotéis e urbanizações turísticas do Novo Sancti Petri de Chiclana.

O Município de Chiclana é muito grande já que tem grandes espaçoss rurais como o Pinhal dos Franceses que faz fronteira com Puerto Real, o o Pago del Humo que chega quase até Medida, outra localidade próxima de Chiclana.

Todas estas zonas estão divididas em terrenos com vivendas, que têm o seu próprio acesso através de caminhos. Todas as casas têm água e luz apesar de estarem numa zona rural e natural.

Outros sítios e alternativas Costasur

Outras páginas deste destino
Serviços disponíveis neste destino